• antropoLÓGICAS

v4a4| Governo de si em tempos pandêmicos

Atualizado: Jul 30

Por Aline Ribeiro Nascimento. Pós-doutora em Psicologia Social (UERJ), doutora em Memória Social (UNIRIO), mestre em Psicologia (UFF).


O que meu corpo pede? O que meu corpo pode? Esse corpo, reconhecido como meu, através do espelho ou através da retina de alguém, não é o mesmo corpo que me alcança, quando estou comigo. Estar comigo é olhar para os afetos que configuram o que sinto e o que sinto é meu corpo. O que sinto é a forma que esse corpo fala comigo e diz o que pode ou não. O que sinto vem antes do que vejo pelo espelho. O olho do corpo são os afetos. A memória do corpo são as narrativas feitas a partir dos afetos. No meio da pandemia, meu corpo, visto pelo espelho, parece silencioso e harmonioso, embora expresse os afetos do corpo real, pelas olheiras que crescem dia a dia. O corpo real, tecido pelos afetos, está fragmentado e em luta diária para se manter inteiro. O olho lê as imagens e o corpo absorve o impacto das mesmas. Não me permito deixar os afetos se demorarem nesse impacto. Mudo a imagem, escuto som enquanto as deixo entrar pelo olho. Busco um governo de mim mesma para afastar o caos. Me recuso a mergulhar nos ruídos aterrorizantes que não deixariam margem para a quietude. Prefiro continuar amante de vazios, como olhar para o céu e ficar sem pensamento enquanto o sinto através de meu corpo inteiro. Luto com meus olhos o tempo todo. O que não significa que não veja o que está acontecendo do lado de fora da minha janela, que não sofra, que não chore, que não saiba, minhas olheiras são testemunhas desse saber. Posto imagens do dia, dos acontecimentos do dia, num momento específico de meu dia em que meu corpo consegue olhá-las, mas sempre meio de lado, porque estou atrás de outro saber e de outro respirar. Uma luta diária comigo mesma. Uma tentativa de trazer a luta para a arena do governo de si. É isso que meu corpo pede. É isso que meu corpo pode. Aqui reside a sua saúde.


05 de maio de 2020.


Photo by Noah Buscher on Unsplash

186 visualizações

© 2023 por Design para Vida.

Criado orgulhosamente com Wix.com

CONTRA A PORTARIA 34 E AS MUDANÇAS NA DISTRIBUIÇÃO DE BOLSAS DA CAPES